sexta-feira, 20 de outubro de 2006

O REFERENDO

Li agora no Diário de Noticias que um grupo de 60 médicos e outros profissionais de saúde, se uniram para fazer campanha pelo sim no Referendo do aborto, (chamemos as coisas pelos nomes e não "interrupção voluntária da gravidez").

Aqueles que juraram defender a vida, votam agora na morte!

A notícia é que estes 60 decidiram votar sim, não é que a grande maioria dos médicos e profissionais de saúde decidiram dizer não.

"Critérios jornalisticos".

3 comentários:

malu disse...

"Aqueles que juraram defender a vida, votam agora na morte!"

E o P. Roger ainda me diz: "Nada te perturbe, nada te espante..." - Não é por aí que desanimo :p

P.S. Joaquim, Já tenho livros suficientes para me encherem outra prateleira :o mas não ainda os 1ºs da lista que recomendaste. só 2ª feira :( bem sei, bem sei... não resisto e trago outros.
Agora vais ter que rezar é pelo m/orçamento que está ficando "queixoso" (ou talvez pela minha gula, ai ai..)

malu disse...

P.S.2 - Aqueles sinais não faço a mínima de onde apareceram, garanto! E comeram a palavra "ainda" que escrevi antes de: me diz.

joaquim disse...

Malu
Também hoje estive em Fátima e aumentei a minha "colecção" de livros.
Tenho de viver até aos 150 anos para os ler todos.
Então quais te faltam e quais já tens, se não é indiscrição?
Se fores a Fátima, à assembleia, emcontrarás com certeza alguns muito interessantes.
AbraçemCristo