domingo, 11 de fevereiro de 2007

BOA NOITE MÃE

Minha Querida Mãe do Céu,
Mãe de Fátima,
Rainha de Portugal.
Hoje quero adormecer envolto nos teus braços.
Quero hoje dormir assim, no Teu colo.
Quero que sintas,
minha querida Mãe Virgem,
o bater do meu coração pela vida.
E sabes porquê, para quê, Mãe?
Para que amanhã ao acordar
Tu me leves pela mão,
a votar.
Não só a mim,
mas a todos os teus filhos.
Ah, Mãe,
já agora vota também,
porque quando Tu Te empenhas numa coisa,
já podemos ter a certeza que ela acontece.
Estás a ver, Mãe,
porque quero dormir ao Teu colo?
É que assim durmo descansado,
na certeza que tenho,
de que quando Tu votas connosco,
a vida ganha,
e o amor acontece.
Mãe,
diz por mim,
boa noite ao Teu Filho,
diz-Lhe que não se preocupe,
que Tu tomas conta de tudo.
Que as crianças que Ele tanto ama,
vão continuar a nascer todas,
porque todas estão no Seu coração,
desde sempre e para sempre.
Boa noite Mãe,
durmo descansado.

5 comentários:

J disse...

Joaquim,

Gostei imenso deste post, rezo por este dia, para que sejamos capazes de todos fazermos a escolha certa.

Um grande beijinho em Cristo

joaquim disse...

Bom Dia Joana
Sempre presente, obrigado.
Que nossa Senhora da Conceição, Rainha de Portugal, junto de Jesus Cristo, Seu adorado Filho interceda pelos Portugueses e por Portugal, para que a lei da vida impere no nosso País.
Abraço muito amigo em Cristo

Pe. Vítor Magalhães disse...

Que Nossa Senhora de Lourde, Mãe dos doentes, guie o coração dos Homens pelo caminho, verdade e vida!

joaquim disse...

Obrigado Pe. Vitor pela visita.

Que a Mãe do Céu nos guarde e proteja, sobretudo hoje aos doentes no corpo e no espírito.

Abraço em Cristo

Macieluxcitânia disse...

Infelizmente venceu o sim ...neste momento da história de Portugal o tentador tem o seu momento de glória ... será por pouco tempo mas parece que temos mesmo de descer aos infernos antes de subir ao Céu ... talvez precisemos de dar real valor á Graça de Deus que tanto desprezamos ... talvez precisemos de ser mais profundos na nossa vivência ...