sexta-feira, 7 de maio de 2010

DEUS NÃO SE ENCONTRA NO MEDO

.
.
Recebi recentemente um pps em que, para se afirmar a presença de Deus no mundo, se enunciavam algumas situações de pessoas e atitudes, (como por exemplo o Titanic), que teriam “desafiado” Deus e acabaram por morrer, ou acabaram por ter alguma “desgraça”.

Julgava eu que esse tipo de argumentos, (Deus castiga!), já tinham desaparecido das mentes dos cristãos e católicos, tanto mais que esse caminho há muito foi abandonado do ensino da catequese das crianças e dos adultos.

Deus, o nosso Deus, Aquele em quem acreditamos, é um Deus de amor e não um Deus de vingança mesquinhas contra aqueles que o repudiam ou até contra Ele se encarniçam.

Deus, o nosso Deus, Aquele em quem acreditamos, é um Deus de braços abertos sempre pronto a acolher a todos, mesmo aqueles que não O querem e repudiam.

Deus, o nosso Deus, Aquele em quem acreditamos, é um Deus que só se pode encontrar no amor e não no medo.

Se Deus se “vingasse” daqueles que não O querem e repudiam, onde estava então a liberdade em que nos criou?

Deus não obriga ninguém a n’Ele acreditar, a aceitá-Lo, a amá-Lo, a adorá-Lo, porque que nos criou livres, porque nos criou no amor.

Se assim não fosse, pobres de nós!

Deus, o nosso Deus, Aquele em quem acreditamos, é um Deus de amor e como tal “apenas é capaz” de amar!

Coisa bem diferente é estar sobre a protecção de Deus, porque n’Ele acreditamos, porque O amamos e adoramos, porque a Ele recorremos, porque com Ele e a Ele comungamos.

É que se a nossa vida for vivida em comunhão com Ele e com os outros, vivemos na confiança, na paz, na esperança, e então não há em nós desesperos, nem atitudes contra a vida, que tantas vezes nos condenam.

Mas não é Deus que nos condena, (Ele “apenas” nos ama), somos nós que nos condenamos ao vivermos dependentes da carne, que leva à dependência e à escravidão dos vícios.

E o resto, o resto é parte da vida deste mundo, onde tantas vezes encontramos “icebergues” que nos querem afundar, mas que, se estivermos em comunhão e paz com Deus, longe de ser uma desgraça, é um caminho de crescimento, e mesmo que pereçamos, nunca é o fim, mas sim um começo de uma vida nova que nunca mais acaba.

E essas mensagens que aqui refiro acabam sempre com dois tipos de “advertências”, como que a exigir-nos que as façamos passar a outros, coisa que nunca faço.

Por um lado tentam fazer chantagem, dizendo coisas como: “Se és amigo de Jesus…, se tens coragem…”, e por aí fora. Por outro lado, ameaçam, tal como: “Se não fazes isto acontece uma desgraça, etc., etc.”

Deus ama-nos inteira e totalmente, não nos ameaça nem invoca a Sua ou a nossa amizade para nos exigir o que quer que seja.

Quem ama dá-se, comunga-se, vive-se, não faz chantagens, nem ameaças!

Por isso mesmo, Deus, o nosso Deus, Aquele em quem acreditamos, não se deixa “manipular” pelos homens, nem os “manipula”, mas “apenas” os ama, e quer ser amado, porque é Pai, para nos dar a vida em plenitude, a vida que não tem fim, a Vida Nova que se vive quando nos encontramos pessoalmente e intimamente com Jesus Cristo, no Espírito Santo.

Monte Real, 7 de Maio de 2010
.
.

21 comentários:

C.M. disse...

Ainda há por aí quem nos queira fazer crer num Deus vingativo e punitivo. Infelizmente, as nossas memórias de infância ainda recordam esses temores...

Anónimo disse...

O Nosso Deus é um Deus de amor.
E é verdade que ao contrário do Antigo Testamento em que o Deus é mais um Deus, como direi vingativo.
O Novo Testamento mostra-nos o Deus misericordioso e bondoso, o Deus de Jesus Cristo.
Uma Santa semana cheia de Paz
Abraços da Utilia em Jesus Cristo

concha disse...

Amigo Joaquim!
Associo-me a ti no gesto de não passar mensagens que só fazem permanecer na ignorância do Deus verdadeiro.
Uma semana em pleno na alegria e na esperança de uma mensagem de força e paz para o caminho

Paulo disse...

Realmante ainda existe muito boa gente que acredita nessas "tretas". Aliás, eu próprio quando reenvio mails semelhantes, não olho a essa parte do "castigo", apenas olho para a mensagem em si, muitas das vezes bonita...o resto, passo ao largo.

joaquim disse...

Meu amigo

Por ainda ter essas memórias, que tão erradas eram, há agora a necessidade de dar a conhecer o Deus verdadeiro que é amor e perdão, que acolhe e não exclui.

Obrigado.

Um abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Obrigado amiga Utilia

Realmente o Deus do Antigo Testamento aparece assim muitas vezes, mas deve-se à cultura e género literário que então se usava naquele tempo.

Um abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Amiga Concha, obrigado!

E que semana grande ela é, ao recebermos o Vigário de Cristo na nossa terra!

Um abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

É verdade, amigo Paulo, por vezes a mensagem é muito bonita.

Mas também temos que fazer perceber a alguns que ainda não entendem, que Deus é um Deus de amor e de alegria.

Obrigado!

Um abraço amigo em Cristo

Maria João disse...

A ideia do Deus castigador foi tão difundida que não é fácil mostrar a Sua Misericórdia.

Mas também é verdade que há quem não queira deixar de ter essa imagem. Talvez porque tem receio de se entregar a Deus que é Amor... Talvez por receio de ser chamado a viver Cristo no dia-a-dia ... Talvez porque tenha medo do impacto que isso terá na sua vida ...

Mas não tenham medo. Deus é Amor e Misericórdia. Não há que ter medo de sentir esse Amor e essa Misericórdia! Não há que ter medo do que vem a seguir a essa descoberta, porque o que vem é demasiado bom. E Deus nunca nos coloca em trapalhadas. :)

Um abraço.

Uma Brasileira disse...

Joaquin...


Quanto tempo não venho ao seu blog!
Motivo: perdi o endereço.
Agora que o redescobri, voltarei para ler as "coisas" belas que escreve.
Lendo vc, vemos como Deus é Simples!

Abraços de uma amiga do Brasil. Abraços tão grandes, quanto o oceano que nos separa.

ana disse...

Amigo Joaquim se relamente Deus castiga-se , como muitos dizem ele não nos daria a liberdade de esolher o nosso caminho, ele não nos obriga a nada mostra-nos o melhor ou o seguimos , ou não ,cabe a nós dicidir, se dicidirmos o mal ele não nos julga nem castiga , a vida encarrega-se disso ,é façil atirar as culpas a Deus quando somos todos nós que a temos...
Um abraço

joaquim disse...

Obrigado Maria João

Muitos se habituaram a viver Deus, não só com medo, mas em sofrimento também.

Ora Deus é o oposto do medo, é amor, e embora o sofrimento seja uma constante da nossa humanidade, Deus acompanha-nos e dá sentido a esse sofrimento.

Um abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Minha amiga Brasileira

Obrigado pelas tuas palavras!

Esta "porta" está sempre aberta à tua presença.

Que Deus te abençoe!

Deste lado do mar um abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Amiga Ana

Gostei muito das tuas palavras!

Realmente não é Deus quem nos condena, mas nós próprios com as decisões que tomamos, boas ou más.

Que Deus te abençoe.

Um abraço amigo em Cristo

malu disse...

Joaquim,

Agora passo (encaminho) algumas dessas mensagens. Só que depois de "editá-las" para juntar uma pequena 'Nota' de fundo minha, nesse sentido. Tenho feito assim e sempre a chamar a atenção para a 'edição' feita.

Abraços em Cristo e Maria.

Nova Civilização disse...

Amigo Joaquim,

sim Deus é amor... E nesse dia 13/05, dia de Nossa Senhora de Fátima,vim deixar uma abraço em agradecimento por essa caminhada na fé. Pelos amigos em cristo que Deus colocou junto a mim, nesse caminhar,

Obrigada

abraços fraternos

Gisele

joaquim disse...

Obrigado Malu

Essa é com certeza a maneira mais correcta de agir.

Como sabes também já o fiz, mas ás vezes a reacção...

Mas obrigado pelo que dizes, porque a nossa missão como cristãos e católicos é chamar a atenção para isso mesmo.

Um abraço amigo em cristo

joaquim disse...

Obrigado Gisele

E obrigado pela tua presença connosco aqui nestes lugares.

Pudeste ver pela televisão a extraordinária Missa em Fátima?

Um abraço amigo em Cristo

Nova Civilização disse...

vim acompanhando a visita do Papa aí em Portugal e assisti alguns trechos da Missa.E li a homilia pela internet. Fiquei muito emocionada ao ver tanta fé. Tanto amor. Cada vez meu coração fica mais alegre em ver o que a fé nos proporciona. Sinto um carinho muito forte por Portugal, por esse amor a nossa Igreja,

Muito lindo,

obrigada,

Gisele

joaquim disse...

obrigado Gisele.

Foram dias indescritiveis!

Um abraço amigo em Cristo

Thaijara Hellen disse...

Gostei muito da mensagem. Era exatamente isso que eu queria. Meu pastor infelismente não pensa bem assim, embora ele seja uma ótima pessoa. Vou envcaminhar o conteúdo dessa mensagem pra ele.

Obrigada!
Fica com Deus sempre!