quinta-feira, 22 de março de 2007

CAMINHO QUARESMAL

Quarta Semana - Vida no trabalho, no lazer, no dia a dia.
26º Dia
No meu lazer, nos meus divertimentos, seja onde for, porto-me com a dignidade de um católico, de um filho de Deus?

8 comentários:

André Alves Correia disse...

Parece que esta interiorização já estava apontada nos comentários ao post anterior.

O farisaísmo está impregnado em muitos de nós, e foi das atitudes que Cristo mais combateu.

Que o Senhor Ressuscitado nos ajude a ser sempre consequentes ao vivermos esta vida nova que Ele nos deu, com o seu Preciosíssimo Sangue.

joaquim disse...

Caro André
Tem razão no que diz, mas a minha "meditação" refere-se a momentos concretos, como festas, saidas à noite, etc., em que porvezes nos "esquecemos" que somos filhos de Deus e que o nosso testemunho "pode fazer a diferença".
A dignidade a que me refiro vem da vivência da Fé, mais do que a "obediência" à lei.
Abraço amigo em Cristo

André Alves Correia disse...

Joaquim, espero que tenha entendido - se calhar não fui explícito - que o "fariseu" não lhe foi dirigido, mas sim a aqueles outros... Embora às vezes caiamos também...

joaquim disse...

Obrigado André pela sua "preocupação", mas percebi que não era para mim, embora às vezes me sirva perfeitamente "a carapuça".
Abraço em Cristo

sedente disse...

Tento...e não tão difícil como pensamos.
abrç+

joaquim disse...

caro "Sedente"

Obrigado pela visita.

Queres dizer que "não é tão dificil como pensamos"?
Realmente não é se vivemos coerentemente a fé que professamos.
Mas às vezes...

Abraço em Cristo

J disse...

Joaquim,

Concordo o Sedente, é mais facil do que julgamos.

Um grande beijinho em Cristo

joaquim disse...

Obrigado Joana

Abraço em Cristo