sexta-feira, 2 de março de 2007

CAMINHO QUARESMAL

Primeira Semana – Vida em Igreja
6º Dia
Defendo a Igreja quando Ela é “atacada”, fazendo-o com amor, com respeito pelos outros, (mesmo que eles não me respeitem), ou por vergonha, por respeito humano colaboro na conversa e até ajudo a dizer mal?

10 comentários:

Nova Evangelização disse...

+ + +
Caro Amigo Joaquim

Pior mesmo que não defendermos a nossa Igreja, ou até mesmo não respeitarmos as Igrejas dos outros, é o facto de, por cobardia ou hipocrisia, 'calarmo-nos' - aqui significa mesmo consentimento implícito e bastante culpável, pelo menos! - quando os 'membros' da nossa própria Igreja (sobretudo sendo 'clérigos') atacam ou menosprezam, injusta e gratuitamente, a própria Igreja ou a doutrina do Magistério, como tragicamente tantas vezes acontece nos nossos dias, com a indiferença ou conivência de muitos...
E há muitas maneiras de não defendermos, ou trairmos, a nossa Igreja, a nossa Doutrina, a nossa Fé, o nosso Deus, inclusivamente por omissões e indiferenças relativamente graves, ou até mesmo escandalosas, como tragicamente tantas vezes acontece - inclusivamente como tanto aconteceu a quando do último referendo a favor do abominável crime do aborto!...

Bem hajas pelo lançamento destes temas pertinentes e realmente quaresmais, de suma importância!
Que Deus te abençoe e recompense.

Abraço cristão quaresmal.
José Mariano
+

J disse...

Joaquim,

Aqui está uma coisa que eu tenho tentado fazer com algum sucesso defender a Igreja, porque todos fazemos parte desta.
É engraçado que só o comecei a fazer quando me informei sobre o que criticavam e qual a posição da Igreja, e à medida que fui conhecendo a posição da Igreja em muitos aspectos foi percebendo que também eu concordava com o que esta defendia e mais facil foi de a defender.

Um grande beijinho em Cristo

Pe. Vítor Magalhães disse...

´´OPTIMO TRABALHO!!!!

André Alves Correia disse...

Sabes, Joaquim, ao reflectir sobre esta tua entrada lembrei-me do texto do Bernerdo Motta sobre a ortodoxia e a heresia... Mais uma vez só tenho a agradecer-te estas pedrinhas que tens posto no nosso caminho.

Ver para crer disse...

Só se defende o que se ama. É ver os pais a desculpar os filhos!...

joaquim disse...

Caro amigo José Mariano
Obrigado pela visita, pelas palavras.
Não tens que agradecer nada a mim, que nada faço.
É tudo, acredito eu, obra dEle.
Abraço em Cristo

joaquim disse...

Joana
Realmente para defendermos algo, é preciso conhecê-lo, e a verdade, é que muitas vezes a Igreja é criticada por quem não A conhece e apenas se refere àquilo que toda a gente julga saber.
Por isso precisamos estar preparados.
Abraço em Cristo

joaquim disse...

Padre Vitor
Obrigadp pelo incentivo.
Abraço em Cristo

joaquim disse...

Obrigado eu André, pela visita, e pelas palavras.
As pedrinhas são para mim, mas como achei que podiam servir aos outros, decidi partilhá-las.
Abraço em Cristo

joaquim disse...

Caro Ver para Crer
Às vezes também se defendem coisas por obrigação, mas aí a defesa é fraca e rapidamente se desiste.
Por isso tens toda a razão.
Só amando se pode defender o que se ama com tudo o que somos e temos.
Obrigado.
Abraço em Cristo