terça-feira, 6 de março de 2007

CAMINHO QUARESMAL

Segunda Semana – Vida em comunidade paroquial, em sociedade.
10ºDia
Na Igreja Paroquial não tenho lugar “marcado” e fico em qualquer lado, ou fico sempre no mesmo lugar e apenas me dou com os que me são próximos e com quem tenho afinidades?

4 comentários:

elsa nyny disse...

Olá Joaquim!
Desculpa não ter aparecido!
Desejo-te uma óptima semana!
Fico a meditar nas tuas perguntas!
Bj

elsa nyny disse...

Joaquim!
Como te prometi fiquei a meditar nas tuas palavras, e por mais que tenha tentado ver as coisas de outra perspectiva, a verdade é que efectivamente não há outra perspectiva...por isso, sim eu ocupo o meu lugar, gosto de fazer as coisas, mas também gosto que outros as façam, no entanto estes meios são por demais complicados, e depois há a “mobília da igreja” completamente adversa a coisas novas, incluindo a pessoas novas, que aparecem, ali prevalece o hábito muito mais que o coração, por isso eu, ocupo o meu lugar sim, mas desse lugar poderia fazer muito mais coisas, como já fiz e que não foram bem aceites, não por não estarem bem, mas por culpa de um sentimento muito feio que se chama -Inveja - e assim vou ficando quieta no meu lugar, fazendo talvez 1/3 do que já fiz... por enquanto, enquanto Ele quiser, entendes?
Muita força para ti!
Tudo de bom!
Obrigado pelo teu carinho!
Beijinhos!
:)

joaquim disse...

Elsa
Tudo bem!
Cada um reflecte e tira as conclusões que o seu coração dita.
É isso que é preciso.
Eu também tiro as minhas que a maior parte das vezes não são muito abonatórias para mim.
Tenho muito que emendar.
obrigado pelas tuas palavras.
Abraço em Cristo

J disse...

Joaquim,

Não tenho lugar marcado, mas acho que o termos não deve ser encarado como algo menos bom desde que nos demos a conhecer a todos e não so aos que nos convem como referiu.

Um grande beijinho em Cristo