sábado, 30 de março de 2013

SÁBADO SANTO

.
.
 

 
 
 
Aquietaram-se os ruídos da natureza e os barulhos do mundo. 
 
A brisa que corre leve, traz um perfume de amor.
 
A vida, a verdadeira vida, repousa agora no sepulcro, como semente no seio da terra, à espera do tempo de germinar.
 
O amor, permanentemente derramado, fará voltar à vida a própria Vida!
 
Confiadamente demos glória ao Senhor!
 
 
Sábado Santo
Marinha Grande, 30 de Março de 2013
Joaquim Mexia Alves
.
.

6 comentários:

Anónimo disse...

Dos melhores!!!
Abraço
M. Pinto

joaquim disse...

Obrigado Mário.

Vindo de si, diz-me muito.

Um abraço amigo em Cristo

Paulo disse...

Bonitas palavras. Excelente imagem.

Concha disse...

Lindíssimo!Palavras que nos levam para a essência de tudo.Muito bom!

joaquim disse...

Obrigado Paulo.

Um abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Obrigado Concha!

Um abraço amigo em Cristo