sábado, 2 de fevereiro de 2008

O HOMEM NOVO 2

«Que o vosso amor seja sincero.
Detestai o mal e apegai-vos ao bem.
Sede afectuosos uns para com os outros no amor fraterno; adiantai-vos uns aos outros na estima mútua.
Não sejais preguiçosos na vossa dedicação; deixai-vos inflamar pelo Espírito; entregai-vos ao serviço do Senhor.
Sede alegres na esperança, pacientes na tribulação, perseverantes na oração.
Partilhai com os santos que passam necessidade; aproveitai todas as ocasiões para serdes hospitaleiros.» Rm 12,9-13
Sem mais palavras, que não são necessárias...

4 comentários:

Fa menor disse...

Sempre bons ensinamentos!
Fez-me bem ler-te... como sempre!

Abreijinho em Cristo

antonio disse...

Se não lhe encontramos sinceridade, não será amor e o nosso coração inóspito.

joaquim disse...

Olá Fa

São Paulo não faz as coisas por menos...

Abrajinho em Cristo

joaquim disse...

Olá António

Claro, sem sinceridade não há amor, mas qualquer outra coisa que não sei definir...

Abraço amigo em Cristo