sábado, 26 de janeiro de 2008

COMO MOSTRAR-TE, SENHOR...

Há pouco,
Há “poucochinho”,
Ainda agora Senhor,
Te entregaste mais uma vez,
Como alimento,
E eu alimentei-me de Ti.
E depois,
Depois Senhor
Queria dizer-Te
Da alegria indizível
Que é receber-Te em mim...
Mas não tinha palavras,
Mas não tinha gestos,
Mas não tinha nada,
A não ser o meu nada
Para Te dizer
O Tudo que Tu és...
Como posso eu
Dizer a todos
O que Tu és...
As palavras não me chegam,
Os gestos também não,
Nem o sorriso, Senhor
Que fazes dançar na minha boca
Testemunha aos outros
A graça de Te ter...
Olha Senhor,
Se não fores Tu
A mostrar-Te em mim
Eu não consigo
Dizer-Te,
Eu não consigo
Revelar-Te
Eu não consigo testemunhar
Tudo o que Tu
És em mim,
Para os outros.
Não quero palavras,
Não quero gestos,
Não quero nada,
Senhor...
A não ser,
Ser tudo,
O que Tu queres que eu seja.
Sem eu aparecer,
Sem dar-me a conhecer,
Sem ser joão, pedro
Paulo ou joaquim,
Mas apenas
Que percebam
A Tua presença
Em mim...

8 comentários:

malu disse...

"Cristo vive em ti, aleluia
oh que maravilha é
que Cristo vive em ti
..."

Abraços.

joaquim disse...

«E em ti também, Aleluia
oh que maravilha é
que Cristo vive em ti...»

Abrajinho em Cristo

Maria João disse...

Ando com tanta coisa... Mal tenho tempo para escrever...

Obrigado por estas palavras. Bem bonitas e verdadeiras.

Obrigado pelo prémio. Aceito-o, embora o ofereça ao Espírito Santo. Eu sou a co-autora :)

beijos em Cristo

Fa menor disse...

"Ser tudo,
O que Tu queres que eu seja.
Sem eu aparecer,
Sem dar-me a conhecer,
Sem ser joão, pedro
Paulo ou joaquim,
Mas apenas
Que percebam
A Tua presença
Em mim..."

Mas isto é maravilhoso!...

Estou a oferecer-te o mesmo prémio! Aceitas? (é que para já não tenho outro)

Abraço amigo em Cristo

Fa

André A. Correia disse...

Esta alegria de nos abandonarmos à vontade do Senhor... E a música de fundo...
Lacrimosa dies illa
Qua resurget ex favilla
Judicandus homo reus
Huic ergo parce, Deus
Pie Jesu Domine
Dona eis requiem
Amen

joaquim disse...

Olá Maria João

Atenção ao tempo...não te esgotes...

Somos todos co-autores, nós os que andamos nestas "lides" de testemunhar a fé.

Abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Amiga Fa

Obrigado pelas tuas palavras que são sempre uma alegria para mim.

Claro que aceito!

Até já cá está!!!

Abrajinhos em Cristo

joaquim disse...

É verdade André, é isso mesmo, a alegria de nos abandonarmos à certeza de que a Sua vontade é a nossa felicidade.

Sim esta música...

Abraço amigo em Cristo