sábado, 27 de janeiro de 2007

A LUTA PELA VIDA HUMANA

A história da humanidade é, para além de muitas outras coisas, uma longa luta pela vida humana.
Assim, já em tempos primitivos deixou de se comer carne humana.
Deixaram de se fazer sacrificios humanos a deuses ou por quaisquer outras razões.
Aboliu-se a escravatura.
Aboliu-se a pena de morte, e em todos os paises onde ainda existe é fortemente criticada.
Foram condenados pela história da humanidade todos aqueles que foram causa de exterminio de outros homens e recentemente alguns foram até levados a tribunal e condenados.
A ciência, a medicina, a cultura, lutam constantemente para descobrirem novas formas de estudar e preservar a vida humana.
E tantas, tantas atitudes e decisões são hoje tomadas para proteger e prolongar a vida humana.
Mas agora pretende-se dizer sim à morte, e à morte daqueles que ainda não nasceram e para os quais, os homens de hoje, com certeza, continuam a procurar todos os meios para protegerem a sua vida, a vida dos que continuarão a humanidade.
Se tal acontecer, que dirão os vindouros de nós, quando daqui a muitos anos olharem para o passado e verificarem, que depois de tantas gerações a defenderem a vida, existiu uma geração que liberalizou, que legalizou a morte.

6 comentários:

J disse...

Joaquim,

Se eu fosse a futura geração e olhasse para o passado e visse o retrocesso que pode vir a ser dado,sentiria vergonha.

Sejamos capazes de semros coerentes e de proteger a vida.

Rezo ao Pai para que ilumine o coração de cada um de nós.

Um grande beijinho em Cristo

Ver para crer disse...

Dá que pensar!...
Tantos modos de ajudar a mulher a levar até ao fim a sua gravidez; tanta facilidade em a "despenalizar" de um acto tresloucado; e tinha de ser mesmo preciso legalizar a morte de crianças em gestação.
Ainda se tivéssemos crianças a mais, não era de aprovar mas entender-se-ia o gesto dos laicistas.
Agora com tanta falta de crianças na Europa, é ela mesma que legaliza a matança de inocentes!...

joaquim disse...

Joana
Confio que os portugueses ainda prezam a vida.
Não quero imaginar o que os meus netos possam pensar da geração dos seus avós.
Abraço em Cristo

joaquim disse...

Caro Ver para Crer
Obrigado pela visita.
Tantas vitórias na defesa dos mais fracos, contra a morte, que espero não terminem na derrota dos que nem sequer têm voz, na derrota da vida.
Abraço em Cristo

KA disse...

CAros amigos,

Acredito que a vida vai ganhar! Apenas temos de nos aplicar até ao dia do referendo, a esclarecer as pessoas para o que está em causa.

Reparo que, de cada vez que falo com alguém sobre este assunto e explico o que penso que está na pergunta (liberalização total do aborto até ás 10 semanas e não despenalização) as pessoas dizem-me que concordam que o NÃO tem de ganhar, e por uma margem que não deixe dúvidas para que daqui a uns anos não se lembrem de referendar outra vez a ver se conseguem o que querem!

Até ao dia 11 de FEvereiro temos de pôr mãos á obra.
Depois disso, devemos também continuar activos a defendar a vida mas isso será depois

joaquim disse...

Completamente de acordo Ka!
Obrigado pela visita.
Abraço em Cristo