segunda-feira, 29 de agosto de 2011

TU, ME SEDUZISTE, SENHOR!

.
.




«Seduziste-me, SENHOR,
e eu me deixei seduzir!
Tu me dominaste e venceste.» Jr 20, 7-9





A Tua sedução,
Senhor,
é toda amor!


Por isso mesmo,
Senhor,
só seduzes aqueles
que se deixam seduzir.


Não forças, não enganas,
não Te transformas,
nem apresentas de modo encapotado,
disfarçado,
mas sim e apenas,
como simplesmente és:
amor puro,
totalmente doado!


Como não havias Tu,
Senhor,
de me seduzir?


Embrenhado nos “amores” fáceis do mundo,
confundido nas paixões efémeras da vida,
orientado pelos prazeres rápidos e frustrantes do dia a dia,
que procurava eu,
sem saber,
que não fosse a felicidade de me conhecer,
conhecendo a outros,
para me construir e completar?


Estaria eu aberto ao amor,
ou do amor apenas conhecia
a imperfeita imagem de um “amor” rápido,
mais feito de prazer momentâneo,
do que,
amando,
conhecer-me,
por me dar a conhecer…
ao amor?


Seria neste pobre coração,
assim aberto ao amor,
desiludido por o não encontrar,
que Tu descobriste
a razão da sedução,
com que me seduziste,
Senhor?


«E eu me deixei seduzir!»


Sequioso que estava de amor,
como não reconhecer em Ti,
Senhor,
o amor de Quem “só” ama,
de tal modo e tão totalmente,
que se dá inteiramente
por aquele a quem seduz.


«Seduziste-me, SENHOR,
e eu me deixei seduzir!»


E na Tua sedução,
tão cheio de amor fiquei,
que naqueles que Tu me deste,
para partilhar a vida,
só os posso amar também,
com o amor tão doado,
amor que em Ti encontrei.


«Tu me dominaste e venceste.»


E eu me deixei dominar,
e eu me deixei vencer,
porque o Teu domínio é amor,
e a Tua vitória,
é viver.


Sabes,
Senhor,
descubro na minha obediência,
à Tua sedução,
um tão profundo e terno amor,
que amar-te,
é obedecer-te,
porque obedecendo,
Te amo.


Doce e terna obediência,
que me conduz ao amor!


Deixar-me dominar e vencer,
por Quem “apenas” ama,
é encontrar-me,
completar-me,
porque me encontro com a vida,
aquela que me foi dada,
que vai para além deste tempo,
para ser inteiramente vivida,
na Tua presença,
Senhor!


«Seduziste-me, SENHOR,
e eu me deixei seduzir!
Tu me dominaste e venceste.»


Por isso,
sou feliz,
Senhor!




Monte Real, 29 de Agosto de 2011
.
.

10 comentários:

ontiano disse...

Só digo que gostaria de ter sido eu a escrever este poema!!!

concha disse...

Faço minhas as palavras do Ontiano!Que o Senhor te conserve assim no Seu Amor!

joaquim disse...

Obrigado António!

Um abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Obrigado Concha!

E a ti também.

Um abraço amigo em Cristo

Je Vois La Vie en Vert disse...

Senhor,

É nos teus braços que venho receber conforto e apoio neste momento difícil em que deixou-nos um amigo para ir ter Contigo.

Verdinha

joaquim disse...

Amiga Verdinha

Rezo contigo e acompanho-te na tua dor.

O nosso Deus de misericórdia acolherá o teu amigo no Seu amor.

Um abraço amigo em Cristo

malu disse...

"Por isso,
sou feliz,
Senhor! "

Bonita e feliz oraçao que me faz tão bem rezar :)

Abraços.

joaquim disse...

É verdade, Malu!

E tua também és feliz, não é, porque Ele está contigo e tu com Ele.

Abraço amigo em Cristo

aguarela disse...

Feliz de quem se deixa seduzir por este Amor!

joaquim disse...

É verdade. minha amiga "aguarela"!

Um abraço amigo em Cristo