segunda-feira, 19 de julho de 2010

TU, AMAS-ME?

.
.
Tu, amas-me?
Perguntas-me Tu, Senhor.
E eu baixo a cabeça,
e cheio de amor
respondo-Te:
Não Te sei responder, Senhor.


Tu, amas-me?
Repetes Tu, Senhor,
a pergunta.
E eu mais uma vez
respondo-Te envergonhado:
Não Te sei responder, Senhor.


Tu, amas-me?
Insistes Tu, Senhor,
os olhos marejados de amor.
E eu olho-Te nos olhos,
fugazmente,
e respondo-Te
humildemente:
Tu é que sabes, Senhor,
se Te amo,
verdadeiramente!


É que eu não sou Pedro,
Senhor,
sou mais pobre,
e bem mais fraco,
cheio de dúvidas,
e incertezas,
na constância do meu amor.


E, Senhor,
se me vais perguntar tantas vezes,
quantas foram as que Te neguei,
temo, meu Senhor e meu Deus,
que não cheguem todos os dias
da vida que Te entreguei.


Ah, Senhor,
Mas uma certeza eu tenho:
que Tu me amas,
com eterno amor.


Ah, Senhor,
Tu conheces-me,
o meu ser todo inteiro,
(como eu não me conheço),
por isso só Tu podes saber,
se o meu amor por Ti,
é puro e verdadeiro.


É que eu julgo que Te amo,
com todas as minhas forças,
mas também tenho a certeza,
que este amor que Te tenho,
é muitas vezes…
interesseiro.


Amar-Te com todo o meu ser
viver para Ti e por Ti,
ser-Te em todos os actos,
mostrar-Te no meu viver,
é para mim um desejo,
um sonho, uma vontade,
que eu tento perseguir
hoje e sempre,
e no porvir.


Mas, Senhor,
eu sou tão fraco,
tão pobre e pequenino,
que apenas Te posso amar,
com um amor verdadeiro,
se me deres do Teu amor,
(mais rico que o ouro fino),
confirmando a Tua Palavra,
que Tu me amaste…
primeiro.




Monte Real, 15 de Julho de 2010
.
.

12 comentários:

Paulo disse...

Realmente Joaquim, para além de ser um artigo fabuloso, deixas no ar a pergunta que um dia (só Deus sabe) poderá ser feita a cada um de nós e a resposta de um pecador (começando por mim). Na verdade, uma pergunta simples e de aparente resposta imediata mas, nós, nem sempre sabemos se O Amamos. Não me refiro só às 3 formas de amar descritas no Grego (se não me falha a memória) e na nossa lingua dá apenas essa (amas-me), mas sim ao que sentimos em relação a Ele. Por vezes sentimos que O amamos mas, será que O amamos verdadeiramente, ou apenas amamo-Lo quando "nos dá jeito"? Que Ele nos Ama, sabemos todos mas, será que correspondemos com uma pequena parte do Seu Amor? Muitas vezes tenho duvidas do amor que por Ele sinto, já que, pecador que sou, não sei se aquilo que sinto será Amor verdadeiro...

Nova Civilização disse...

Amigo Joaquim,

mais uma vez obrigada. E de coração aberto peço a cada dia que o Espírito Santo me guie, a todos nós... e assim como Pedro nos transformemos com a certeza plena que Deus habita em nós,

obrigada pela partilha,

abraços fraternos

Gisele

DE MÃOS DADAS disse...

Amigo Joaquim
O problema é que amá-Lo é um mundo inteiro a amar é renunciar a si próprio é ser fiel aos Seus principios, é deixar tudo e segui-Lo.
Muito sinceramente eu fico fora da lista com muita pena minha, estou no bom caminho mas ainda não O amo verdadeiramente.
Mas é verdade que sou muito amada por Deus
Abraço amigo

Joquim
Passe lá no meu cantinho tenho lá um chocolate quente ou frio para lhe oferecer.
Se não me encontrar lá sirva-se.
Abraço muito grande em Cristo
Utilia

malu disse...

"Meu Deus, eu creio, adoro, espero e amo-Vos..."

Sei que não o dizes por dizer, que o afirmas, mas como te entendo e me revejo no que escreves. Confiamos, mas que Ele nos ajude a cada vez mais nos firmar nessa porta para o Amor. Sempre será pouco o que Lhe podemos dar.

Abreijos em Cristo e Maria.

teresa disse...

que lindo texto amigo , que bom que o partilhas-te connosco ..
quantas vezes nas nossas faltas , nós deviamos fazer essa pergunta , de certeza que pecava-mos muito menos ..

beijinhos ..

Pe.T.C. disse...

Hoje fiz deste texto a minha oração da manhã. Obrigado pela partilha.

joaquim disse...

Meu caro Paulo

Obrigado!

Julgo que as tuas dúvidas nos atravessam a todos:
Como corresponder ao eterno amor de Deus?

Não sei, mas apenas dentro das nossas debilidades darmos o melhor de nós a Ele, vivendo-O nos outros e em nós.

Abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Obrigado Gisele

Realmente só no Espírito Santo poderemos amar a Deus, amando também os outros.

Um abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Amiga Utilia

Obrigado pelo chocolate frio, que hoje está muito calor!!!

Meio de férias nem sempre tenho net.

Com certeza que não está "fora da lista" porque quem se acha fora da lista é porque está bem dentro dela!


Amara verdadeiramente, com tudo o que isso significa só quando por Sua graça estivermos na Sua presença.

Um abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

É verdade, Malu, será sempre "pouca" a nossa forma de O amarmos.

Mas confiemos, porque Ele nos conhece e sabe bem das nossas limitações.

Um abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Teresa, obrigado!

A nossa principal falta é não darmos tudo de nós para O amarmos, sobretudo O amarmos nos outros.

Um abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Seja muito bem "reaparecido" padre Tó Carlos!

Obrigado pelas suas palavras.

São com certeza um incentivo.

Já fui "espreitar" a sua nova "casa".

Um abraço amigo em Cristo