segunda-feira, 4 de novembro de 2013

ORAÇÃO

.
.
 
 
 
 
 
 
E continuas a “espantar-me”, Senhor!
 
Estava ali, na celebração do Crisma, e vi aqueles quatro jovens que colocaste nas minhas mãos no último ano para com eles fazer caminho para Ti, e não senti orgulho, não senti vaidade, senti apenas esse espanto de Te perguntar:
Mas Senhor, porque quiseste servir-Te de mim, pecador empedernido, de passado duvidoso, para falar a estes jovens. Que temeridade, Senhor!
 
E tudo somado ao Evangelho, (Zaqueu), levou-me a pensar ainda:
Mas, Senhor, eu ainda nem desci da “minha” árvore! Eu ainda só comecei a mudar de ramo, um pouco mais para baixo, é certo, na Tua direcção, mas ainda estou tão agarrado à “minha” árvore!
 
Pois, eu sei, o Teu amor, o Teu perdão, são infinitamente maiores do que o meu pecado, infinitamente maiores do que o meu passado, infinitamente maiores do que a minha fraqueza, e Tu gostas de Te servir dos pecadores!
 
Agora, Senhor, são Teus, como sempre foram, desde que lhes deste o dom da vida.
 
Que o Espírito Santo os ilumine, os fortaleça, os conduza, e eles se deixem iluminar, fortalecer e conduzir, para que saibam que o Teu amor é constante e mais forte do que todas as provações, do que todas as fraquezas, do que todos os momentos de desânimo, e que é em Ti, por Ti e conTigo que encontrarão a felicidade dos amados filhos de Deus.
 
 
 Marinha Grande, 3 de Novembro de 2013
.
.

4 comentários:

António J Macedo disse...

Parabéns pelos teus crismados!

joaquim disse...

Obrigado por eles, António.

Um abraço amigo em Cristo

Graça Pimentel disse...

Uma bonita oração para um momento especial.

Beijo Amigo

joaquim disse...

Obrigado Graça.

Um abraço amigo em Cristo