segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

CARTA A JESUS NUMA SEGUNDA-FEIRA

.
.
















Meu querido Jesus

Hoje é Segunda-feira e eu confesso-Te, não sei o que a Igreja evoca neste dia da semana, por isso, amado Jesus, quero falar-Te do “próximo”, do meu irmão, da minha irmã, estejam eles onde estiverem, mas sobretudo os que me estão mais “próximos”.

Quero pedir-Te perdão, Jesus, porque nem sempre consigo ver nalguns que comigo se cruzam a Tua presença, e por isso mesmo, não os consigo amar como Tu queres que eu os ame.

Perdoa-me também, querido Jesus, por nem sempre ter paciência para aqueles que já rotulei de “chatos”, e que porventura precisam de mais atenção e carinho.

Às vezes, Jesus, colocas no meu caminho os mais necessitados e eu reconheço que nem sempre sou o Bom Samaritano, umas vezes por comodismo, outras até, e aqui muito me envergonho, por repulsa. Perdoa-me Jesus.

E os que estão presos, doentes, famintos e sedentos, quantas vezes não me disponho a visitá-los, a tratá-los, a alimentá-los e a matar-lhes a sede? Perdoa-me Senhor, porque é a Ti que eu não visito, que eu não trato, que eu não alimento, que eu não mato a sede.

Não o faço aos outros, Jesus, mas depois peço-Te que não deixes que nada me falte. Que hipocrisia da minha parte, Jesus!

E as minhas criticas, os meus julgamentos e às vezes até um pouco de má-língua? Perdoa-me, adorado Jesus, que é a Ti que eu critico, que eu julgo, de quem digo mal.

E quando me acho melhor, superior aos outros? Pobre de mim, que nada valho. Tem compaixão de mim, Jesus.

E aos que estão sedentos da Palavra, dou eu tempo e entrego-me a Ti para lhes falar, ou finjo que não é comigo, ou ainda me sirvo apenas do “meu saber” para lhes falar e me ufano com isso, em vez de Te dar graças por Te quereres servir de mim

E o meu testemunho de vida Jesus? É coerente com o que anuncio, com o que digo ou sou como o ditado antigo, «faz o que ele diz, não faças o que ele faz.»

Quantas vezes o meu testemunho de vida foi causa ou ocasião de pecado, foi escândalo e derrota, em vez de liberdade e amor, de obediência e esperança, de alegria e vitória em Ti, Jesus?

Que fraco eu sou, Jesus!
Se não fores Tu a fazer em mim obra nova, nada poderei fazer ou mudar.

Ensina-me a amar com o Teu amor e a reconhecer-Te em todos os meus irmãos e irmãs, sejam eles quem forem e onde estejam.

Pede à Tua e nossa Mãe que me ensine a amar a todos por igual, como Ela faz, pede perdão ao Pai, por eu não amar todos os Seus filhos e filhas como a mim mesmo, e derrama, Jesus, o Teu Espírito Santo que nos ensine, que me ensine o amor, a entrega constante, a dádiva total.

Beijo as Tuas chagas, Jesus, e nelas beijo os sofrimentos de meus irmãos e irmãs.

Abençoa, amado Jesus, este Teu irmão pequenino e pecador que quer amar com o Teu amor.
Joaquim

10.07.06
.
.

18 comentários:

Dulce disse...

Joaquim, meu irmão em Cristo. Hoje não vou conseguir dizer nada, apenas que fiquei extremamente comovida e dando graças pelas suas palavras, que me fazem olhar para dentro de mim.
Deus o abençõe.

DE MÃOS DADAS disse...

"Se não fores Tu a fazer em mim obra nova, nada poderei fazer ou mudar.
Pois... mas aqui também falta qualquer coisa que é o meu "querer".
Joaquim podemos mudar a maneira de pensar e acreditar que podemos dar uma mão a Deus ou vice-versa.

Será que podemos dar a mão a Deus?

Se eu ofereço os meus olhos os meus ouvidos as minhas mãos, enfim se me ofereço como instrumento para mim e para os outros penso que Ele poderá muito mais, não ponho de maneira nenhuma o poder de Deus em causa ele é infinito
Ele sózinho pode tudo mas se eu não quero....
Gostei muito desta carta que escreveste vou assiná-la por baixo da tua assinatura posso, mas depois de acrescentar o meu querer mudar claro para melhor.
Que o Espirito Santo nos ajude
Abraço fraterno
Utilia
E por favor nada de dizeres que sou chata

Canela disse...

Amigo Joaquim;

Que Deus N. Senhor te abençoe.
Obrigada Senhor, por este irmão que pões no meu caminho.

joaquim disse...

Amiga Dulce, obrigado!

Isso significa que meditamos juntos e caminhamos o caminho de conversão.

Obrigado portanto pela companhia, porque este caminho é caminho de todos e não de um só.

Abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Amiga Utilia, obrigado e confesso que não percebo a última frase?

Porque havia eu de dizer que és "chata"?

Os comentários ajudam-nos sempre a ir um pouco mais além daquilo que escrevemos e portanto são sempre bem vindos.

E tens toda a razão no que dizes.


A mudança só pode acontecer se à presença de Cristo nós juntarmos a nossa vontade.
Sem o nosso querer, Jesus "nada" pode fazer, porque respeita a nossa liberdade.

Mas toda a carta é, por assim dizer, uma súplica de entrega nas mãos de Jesus Cristo, como que dizendo: «Eue quero mudar Senhor, mas não consigo se não fores Tu a mudar em mim.»

Vês como o teu comentário ajudou a clarificar o texto? Obrigado!

Abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Obriagdo amiga Canela e que Deus nos abençoe a todos.

Dou-Lhe graças por tantas e tão boas amigas e amigos que Ele vai colocando no meu caminho e me ajudam a crescer e a viver na fé em Jesus Cristo Nosso Senhor.

Abraço amigo em Cristo

malu disse...

Que bonita entrega Joaquim. E que querido que é Jesus que só nos pede que O queiramos...

Acima, nesta carta, em dada frase dizes e pedes perdão por rotulares alguns de "chatos". Daí a brincadeira da Utilia contigo ;)

Abraço em Cristo e Maria.

joaquim disse...

Obrigado Malu!

É isso que Ele faz em permanência, nada exigindo a não ser a nossa felicidade.

Tens razão e eu devo ter o cérebro "embotado"...ai, ai que a idade não perdoa!!!

Abraço amigo em Cristo

Paulo disse...

Amigo e Irmão Joaquim, entre outras que já aqui fizeste (mas nem sempre comento-as) é uma comovida e sentida introspecção (palavras em português antigo lol) particular, mas que a sinto também como minha e muito possivelmente de quem aqui passa. Tal como tu, também eu, algumas vezes escrevo e digo coisas "bonitas e sentidas" mas, nem sempre as cconsigo cumprir. Depois peço perdão, mas sei que nem sempre o pedido basta. Se caio, sei que Ele me ajuda a levantar, mas por vezes pareço aquelas pessoas "mais velhas" em que as pernas fraquejam em demasia e não devia ser assim. Fica con Deus e Sua Mãe Maria Santíssima.

joaquim disse...

Caro amigo Paulo

Obrigado pelas tuas palavras.

Uma coisa temos certa: é que Deus conhece as nossas fraquezas e sabe que somos inconstantes e que muitas vezes não cumprimos tudo aquilo a que nos comprometemos.

Mas pelo Seu amor também sabemos que Ele tem muito mais em conta o pouco que fazemos, do que o muito que prometemos e não fazemos.

Abraço amigo em Cristo

Maria João disse...

Não queria repetir o comentário, mas de facto esta tua oração é também a minha. E de muitos mais ...


Obrigada.



beijos muito amigos em Cristo e Maria

concha disse...

Amigo Joaquim!
Ao ler-te,também eu assumi as tuas palavras.
Sou fraca, caio muitas vezes e só espero não desistir nunca de Deus
Um abraço na Paz

teresa disse...

ai meu amigo , fico maravilhada com as tuas conversas com ele , são tão [inocentes] e puras , como uma confissão . e as conversas mais belas , e que nos fazem crescer , são sempre as que têm estas caracteristicas ..
obrigada por nos deixares participar nestas conversas ...

beijinhos ...

Ailime disse...

Uma grande prova de entrega e humildade.
Que Deus a todos ajude a caminhar no sentido de O amar incondicionalmente.
Um abraço fraterno.

joaquim disse...

Obrigado Maria João, porque rezamos juntos.

Abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Amiga Concha, todos somos fracos e enquanto o reconhecermos é sinal que estamos a fazer caminho.

Abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Amiga Teresa, obrigado!

Tento deixar falar o coração, porque ele sempre me faz ver melhor os meus erros que a minha cabeça que arranja sempre desculpas para as minhas fraquezas.

É juntos que caminhamos, por isso o que é de nós também serve aos outros.

Abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Amiga Ailime

Só na humildade é possível encomtrarmo-nos em caminho de conversão.
E eu tenho tantas dificuldades em ser humilde!

Obrigado.

Abraço amigo em Cristo