segunda-feira, 7 de abril de 2008

A TUA ÁGUA, SENHOR


Chove lá fora
E a água escorre
Nos vidros das janelas
Lavando-os do pó
Que foi levantado pelo vento
Que passou na terra seca.
Dentro de mim,
Do meu coração
O pó da minha secura
Agarra-se
Quase como desesperado,
Como algo que não quer ser lavado,
Como algo que ali está,
Sempre esteve,
A obstruir os canais da vida,
O pulsar de um sangue novo,
Que traz a vida nova
À vida envelhecida.
Abro o meu coração,
À Tua chuva Senhor,
Água de vida nova,
Água sempre a jorrar
Que docemente,
Gentilmente
Quase sem se notar,
Vai lavando o pó já velho
Que não me deixa amar.
E chove agora um rio
Um rio de água sem fim,
Que lava tudo à passagem
E desperta a vida nova
No meu coração,
Bem dentro de mim.
Sim é verdade
O dia está triste,
Cinzento,
Mas a verdade é que em mim
Tudo é festa no momento
Porque chove a água nova
Que lava todo o pecado,
Que dá força
E mata a sede,
A quem se abre à ventura
De se deixar encontrar
Ao jorrar
Do Teu amor.
Desse Teu amor sem fim.
Corrente de água pura,
Cristalina e santa,
Que lava todo o pó
Agarrado ao homem velho,
E que da semente já morta
Germinada no amor,
Regada na esperança,
Faz nascer a vida nova,
Vida que é para sempre,
Porque essa vida…
És Tu,
Só Tu,
E sempre Tu,
Senhor!

13 comentários:

antonio disse...

Ao pó, lavado ou não pela mais pura das águas, regressaremos. Somos deste mundo, mas não condenados eternos.

Fa menor disse...

Eu precisava chorar, Joaquim.

Está a fazer bem chorar.

Neste momento só consigo dizer-te:
Obrigada por tudo.

Ni disse...

Há águas fortes que levam tudo e chuvas tristes que adormecem sorrisos... Aqui descobri que há águas fortes pela força que deixam em nós... que são chuvas diferentes, puras, que nos (pre)enchem de uma ternura inigualável... aquela que é tão nossa, porque foi Ele que a foi construindo connosco.

Maria João disse...

Vem ao meu blog e reza por quem também precisa de ser limpo pela água...

beijos em Cristo e Maria

Maria João disse...

Fizeste-me chorar, Joaquim...

Rezo para que Deus Pai te abençoe sempre e te mantenha assim: a pedir-Lhe que tire coisas de ti para dar a este irmão em Cristo...


beijos em Cristo e Maria

malu disse...

Que bela chuvada de Vida, Joaquim!
Pura, fresca, revigorante - Santa!

Obrigada, é uma verdadeira Tempestade de Amor no teu coração!
Que nos atinge, nos enche, obviamente.
:)

Ecclesiae Dei disse...

Que maravilha é sentir essa entrega, e entregar-se junto contigo nessa bela oração. Que essa água viva nos revigore

joaquim disse...

Caro António

É verdade, somos deste e neste mundo caminhamos oara a salvação.

Abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Eu é que te agradeço, Fa, pela tua presença e pela tua amizade!

Abreijos em Cristo

joaquim disse...

Olá Ni

Trazes sempre palavras carregadas de profundidade, de ternura.
Que bem escreves!

Abreijos em Cristo

joaquim disse...

Olá Maria João

Obrigado pelas tuas palavras, mas sobretudo por nos lembrares essa missão de todo o cristão que é interceder pelos outros, que é dar de nós, para os outros.

Abreijos amigos em Cristo

joaquim disse...

Olá Malu

E precisamos tanto e tantas vezes de uma boa chuvada de água pura e santa, que lave e revigore o dom da vida que nos foi dado.

Obrigado!

Abreijos em Cristo

joaquim disse...

Caro João

Que bom é sentir a tua presença e a tua entrega em unidade!

Abraço amigo em Cristo