terça-feira, 16 de outubro de 2012

POR VEZES, SENHOR …

.
.
 
 
 
 
Por vezes, Senhor,
sinto tão fundo o Teu amor…
 
Ainda há pouco,
logo depois da comunhão,
parecia que ajoelhado a Teus pés,
repousava a cabeça no Teu colo,
e Tu me afagavas o cabelo,
ou melhor,
me fazias festas no coração.
 
Estarei louco?
Não tenho dúvidas que estou,
mas louco de amor por Ti!
Todos os momentos em que Te vivo,
me enchem,
mas sabem a pouco!
 
Eu sei, Senhor,
que no Teu infinito amor,
me dás estes momentos,
para eu perceber,
que na graça da secura,
que tantas vezes me toca,
me confrontas,
me provocas,
me alimentas,
na permanente procura.
 
Então,
porque tantas vezes Te nego
com as minhas atitudes,
com as minhas ausências,
com a minha falta de amor,
àqueles que de mim precisam,
e perante a sua dor,
fico mudo, surdo e cego?
 
Como posso eu querer
guardar apenas para mim
a alegria de Te sentir,
no meu viver,
no meu crer,
no meu existir.
 
Dar-Te como,
se indigno de Ti,
não Te posso reflectir?
 
Amaste-me primeiro,
porque sem o teu amor,
eu não poderia amar,
com o amor verdadeiro!
 
E é nesse amor com que me amas,
nesse amor com que Te dás,
que por Tua graça reflicto,
a alegria de Te ter,
o sentido do meu viver,
a confiança, a esperança,
a certeza da Tua paz.
 
Por vezes, Senhor,
sinto tão fundo o Teu amor…
 
 
 
Monte Real, 16 de Julho de 2012 
.
.

10 comentários:

Anónimo disse...

Meu Deus Joaquim!!
Voce transmite o que sente, de uma forma tão simples e bela, que é fácil e delicioso ler e sentir o que escreve.
Cada vez mais adoro visitar o seu blogger.
Bem haja...
Beijinhox
Teresa

Concha disse...

Que momento de comunhão com Deus!!!E que graça poder partilhar assim!
Um abraço na paz de Cristo

joaquim disse...

Teresa, muito obrigado.

Retenho as suas palavras como incentivo a continuar e dou glória a Deus por tudo quanto faz nos outros e em mim.

Um abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Muito obrigado Concha!

É Ele que tudo faz, assim acredito!

Um abraço amigo em Cristo

Paulo disse...

Por vezes Senhor, sinto tanta vontade de deixar para trás tudo e seguir-Te mas, depois vejo que a minha missão é em familia, talvez mais dificil do que deixar tudo para trás e seguir-Te como sonho (oniricamente falando)...Amén!

Graça Pimentel disse...

Não pode fazer a mínima ideia de como me soube bem este momento. Obrigada por ele.

Beijo

joaquim disse...

Pois é Paulo, os caminhos de Deus por vezes não são aqueles que "sonhamos".

Um abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Oh Graça, ainda bem.

Deus fala-nos de tantas maneiras!

Um abraço amigo em Cristo

Ailime disse...

Amigo Joaquim,
A sua espiritualidade é enorme!
E como é maravilhoso lê-lo num momento em que talvez necessite de alicerçar a minha fé.
Muito obrigada por me ensinar a orar em verso.
Abraço fraterno.Ailime

joaquim disse...

Muito obrigado Ailime.

A espiritualidade, para mim, depende muito da entrega à vontade de Deus, que é o que eu tento fazer todos os dias, nem sempre com grande "sucesso", por causa das minhas fraquezas.

Um abraço amigo em Cristo