quarta-feira, 15 de julho de 2009

TENHO O CORAÇÃO NAS MÃOS

.
.
Senhor,
Tenho o coração nas mãos!
Sofre porque se sente impotente
para aliviar o sofrimento
daquela que sofre,
e de tanta outra gente.
Eu rezo, Senhor,
Tu sabes que eu rezo,
mas no meu coração
persiste a dor
de me saber tão fraco
para tão grande missão.
Tu ouves-me, Senhor?
Eu sei que me ouves,
a todos e cada um.
Mas Senhor,
a tentação é tanta,
de Te pedir sinais visíveis,
no alívio do sofrimento.
Eu sei, Senhor,
eu sei que Tu já nos deste
o Teu sinal maior,
a Tua Ressurreição,
promessa de vida em Ti,
certeza de Salvação.
Mas que queres Senhor,
vivemos neste mundo,
agarrados a um nada de vida,
porque a verdadeira vida,
só nos virá depois,
desta peregrinação.
Mas agarramo-nos a ela,
e queremos agarrar também
todos os que nos são queridos,
não os queremos ver partir.
Senhor,
tenho o coração nas mãos!
Confio,
e tenho medo!
Espero,
mas também duvido!
Aceito,
mas também me revolto!
Por um momento,
Senhor,
pára o sofrimento,
dela frágil,
e de todos os que sofrem.
Leva-os a contemplarem
o porquê de tanta dor,
porque ao perceberem
que do mal Tu fazes bem,
o sofrimento far-se-á vontade,
e a dor será amor.
Senhor,
tenho o coração nas mãos!
Ouve então o meu lamento,
que suba ao Teu Coração,
cadinho de sofrimento.
Depois olha por ela,
pelos outros também,
e alivia toda a dor,
com o Teu imenso amor.

.
.

14 comentários:

Maria João disse...

Se há coisa que aprendi até hoje, com a minha vida e a de muitos outros (inclusive pessoas à beira da morte) é que a dor, quando vivida com o amor de Cristo se torna mais doce. Não digo que tenha de doer menos. Mas, digo que dói de maneira diferente. O próprio desepero é diferente.

Não me esqueço de uma irmã da minha paróquia que, a poucos dias de morrer com cancro no útero, dizia que entregava todo o sofrimento pela salvação de um grupo de jovens que ia fazer, pela primeira vez, um retiro com Cristo.

O sofrimento em Cristo é assim: dói muito, mas, no meio do desespero, tem o sabor doce de poder levar pessoas a conhecerem Cristo. De nos levar a nós próprios a conhecer melhor Cristo. Tem o sabor doce de nos podermos juntar a Cristo e, como dizia S. Paulo, completarmos o sofrimento de Cristo aqui neste mundo.

Conta comigo nesta tua prece. E agradeço ao Pai pela missão que Ele te deu e que tentas cumprir com o maior amor.


beijos muito amigos em Cristo e Maria

Fa menor disse...

"O Senhor está próximo de quantos o invocam"

Rezo contigo!

Beijos em Cristo

Canela disse...

Joaquim;

Deixa-me recordar-te:

Mt5, 3-11

3Felizes os pobres de espirito, porque deles é o Reino do Céu.

4Felizes os que choram, porque serão consolados.

5Felizes os mansos, porque possuirão a terra.

6Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.

7Felizes os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.

8Felizes os puros de coração, porque verão a DEUS.

9Felizes os pacificadores, porque serão chamados filhos de DEUS.

10Felizes os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o Reiono do Céu.

11Felizes sereis, quando vos insultarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o género de calúnias contra vós, por minha causa.

Joaquim... o tempo de DEUS... não é o nosso, nem os seus critérios... são os nossos.

Nós caminhamos com ELE, com uma visão limitada e distorcida...

Orar e confiar é o nosso dificil papel.

Abraço amigo em Cristo.

Ser sempre mais! disse...

Joaquim,

Força, não esqueça as palavras de S. Paulo: "quando sou mais fraco é que sou mais forte" um paradoxo, mas em Deus e à luz da fé faz sentido.

Olhe recomendo-lhe um livro bonito:
Título: "Encontrar força na fraqueza", pode ser uma ajuda!

Estamos em comunhão na oração!
Mm beijo, Ida

Paulo disse...

Lindas palavras, excelente poema...adorei.

joaquim disse...

Maria João

Obriagdo pelas tuas palvras que como sabes eu comungo inteiramente.

Garças a Deus a fé em mim é forte, a confiança uma realidade e a esperança uma certeza, mas por vezes sentimo-nos impotentes para fazer aquele algo mais que desse paz aos corações que transmitisse a verdadeira e real presença de Cristo junto de nós.

Rezemos continuamente e abramos o nosso coração ao amor de Deus.

Abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Obrigado Fa, porque estás sempre aberta à oração.

É verdade que Ele nos ouve e nos fala, nós é que nem sempre escutamos.

Abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Obrigado Canela, por nos lembrares aquilo que tantas vezes esquecemos.

É certo que o tempo d'Ele não é o nosso, mas podemos sempre interceder e esperar que Eel ouça as nossas súplicas e dê alívio aos que sofrem.

Na certeza da fé que me anima é isso que sempre peço e que me ajude também a ter palavras de fé e consolo para aqueles que as procuram em mim.


Por isso oro continuamente.

Abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Obrigado Ida, pelas tuas palavras e pela tua oração.

Sei que sou fraco, (não o somos todos?), mas anima-me o dom da fé, pela graça de Deus.

Alguém diz que quanto mais nos sentimos fracos, mais forte é a presença de Deus em nós.

Obrigado pelo conselho do livro.

Abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Obrigado Paulo!

Sei que rezas connosco, obrigado!

Abraço amigo em Cristo

Anónimo disse...

Joaquim emocionei-me ao ler e reler o que escreveste.
Como sabes também tenho o coração nas mãos e tão pequenino que ele fica. Que o Senhor te oiça e alivie o sofrimento dela e de todos os que sofrem.
Pedro

joaquim disse...

Meu caro Pedro

Obriagdo pelas tuas palavras.

Agradeço a Deus o dom da tua vida e da tua entrega e dedicação pela nossa amiga.

Deus tem-te observado constantemente com o Seu olhar de bondade e não deixará de recompensar a tua caridade/amor.


Abraço muito amigo em Cristo e Maria

malu disse...

Amen, Joaquim. Rezo convosco.

Abraço em Cristo e Maria.

joaquim disse...

Obrigado Malu, por estares aqui, por estares connosco, por rezares connosco.

Unidos em oração tocamos o coração e Deus.

Abraço amigo em Cristo e Maria