quinta-feira, 20 de agosto de 2015

A VIDA CRISTÃ NÃO É UM COFRE!

.
.






Por vezes fazemos da nossa vida cristã um cofre!

Tanto a queremos proteger de influências exteriores, que a fechamos ao mundo, que a escondemos no nosso dia-a-dia, que fazemos dela uma relação quase exclusiva entre Deus e nós, onde outros não entram.

E, no entanto, a vida cristã é essencialmente comunitária, é Igreja, ou seja, assembleia de fiéis, pois se assim não fosse, como poderíamos dar testemunho cristão, como chamar outros a Deus, na certeza de que Ele se quer servir de nós para essa missão?

A nossa relação com Deus, a nossa vida cristã deve revestir-se da certeza de que Ele está sempre connosco, e assim, deve enformar de tal modo a nossa vida diária, que não devemos temer a influência do mundo, pois na comunhão com Cristo e com os irmãos, reside a nossa força para resistir ao pecado.

O mundo é bom, é belo, é uma criação de Deus e como tal o mal não está no mundo, mas sim naquilo que o homem pecador transforma no mundo, e o afasta de Deus.

A Confissão/Reconciliação é realmente uma relação inteiramente a dois, entre o pecador e Deus/sacerdote, mas é celebrada em Igreja e leva sempre à Eucaristia, à Comunhão de Cristo Sacramentado, e essa Comunhão só se torna completa verdadeiramente, quando se torna também comunhão com os outros, amando-nos uns aos outros como Ele nos ama.

Sim, a nossa vida cristã deve ser um cofre para proteger o tesouro mais sagrado da fé em Deus, mas deve ter como combinação de abertura a oração, a Confissão, a Eucaristia, a Comunhão, combinação essa que nos torna sempre abertos ao mundo, aos outros, precisamente porque estamos abertos a Deus.


Monte Real, 20 de Agosto de 2015
Joaquim Mexia Alves


Nota:

Não sei bem porque escrevi este texto, mas sem dúvida que alguma coisa o Senhor me quer dizer com ele.
.
.

6 comentários:

Emmanuel disse...

God bless you!
Immanuel
(Catholic blogwalking)

Fernando Brites disse...

Obrigado Joaquim! Acho que não foi o Joaquim a escrever este texto; o Joaquim apenas carregou nas teclas. De qualquer forma, obrigado!

joaquim disse...

Emmanuel

And you!

Abraço amigo em Cristo

joaquim disse...

Muito obrigado Fernando.

Assim espero!

Um abraço amigo em Cristo

Concha disse...

Muito obrigada por toda a partilha!Nada acontece por acaso!Por razões especiais,há vários meses que não faço comentários.Hoje foi esta a Palavra com que me deparei!Tenho andado tão absorvida por uma situação com um familiar,que mesmo apesar de Deus me ter enviado vários sinais mostrando-me a tribulação,logo atenuada pela esperança,neste momento escudei-me um pouco no silêncio, pensando ser o que precisava!É justo que o faça?Não!Deus quer-me como me quis durante estes meses,deixando que seja Ele a decidir o que deve ser a minha vida e só assim eu poderei repousar n'Ele usufruíndo do silêncio, da paz, de tudo mesmo se a cruz existe!Bem haja!

joaquim disse...

Bom dia Concha.

Muito obrigado pelo seu comentário.

Deus a abençoe e ajude a atravessar tudo o que necessita atravessar.

Um abraço amigo em Cristo